O NOSSO PROJETO JOYEUX

Tornamo-nos fortes, quando aceitamos a nossa vulnerabilidade

Quem somos ?

Em 2017, nasce o primeiro restaurante solidário Café Joyeux, que tem por objetivo formar e empregar pessoas com trissomia 21 ou com perturbações do espectro cognitivo como o autismo.


A nossa ambição: dar visibilidade à limitação cognitiva e potenciar o encontro social, propondo trabalho, em meio comum, a pessoas afastadas de um emprego. A nossa casa joyeuse/feliz quer construir um modelo sustentável e fazer da diferença uma força.
Depois de uma primeira avaliação, os colaboradores Joyeux  são recrutados e formados por uma equipa especializada de RH, gestão, culinária e de tutores. O Café Joyeux quer-se ser uma empresa comum.

Após a formação, muitos colaboradores Joyeux integram os Cafés Joyeux com um contrato sem termo. Em função das suas capacidades e sempre enquadrados por gestores atentos, ocupam diferentes funções da restauração: atendimento, caixa, cozinha, serviço de sala.

O Café Joyeux permite a cada um dos seus colaboradores ganhar confiança, experiência e sentir-se totalmente integrado na empresa.

OS FACTOS

Em França, 700 000 pessoas são autistas e 65 000 têm Trissomia 21. Estas pessoas são duas a três vezes mais afetadas pelo desemprego que o resto da população. Apenas 0,5% das pessoas com perturbações cognitivas trabalham no ambiente comum.

A NOSSA MISSÃO

O Café Joyeux é uma empresa social com « credenciação ESUS”, detida integralmente pela Fundação Émeraude Solidaire, uma Instituição sem fins lucrativos, que destina a totalidade do seu lucro à inclusão da deficiência sob todas as suas formas. O Café Joyeux é uma empresa não partidária e não confessional.

A nossa missão é colocar a diferença no coração das nossas cidades e das nossas vidas:

Trabalhar com as nossas fragilidades

Potenciar o encontro com as nossas diferenças

Cozinhar, servir e partilhar na alegria, abrir os nossos corações  

OS NOSSOS NUMEROS

colaboradores Joyeux portadores de limitações cognitivas

5 cafés-restaurante ativos (Rennes, Paris, Bordéus) 

gestores e profissionais da restauração


marca de café com o mesmo nome em grão e cápsulas

dont les produit sont expédiés
par une équipe de

pessoas com limitações cognitivas num ESAT (Estabelecimento e Serviço de Ajuda pelo Trabalho)

+ de

pessoas passaram pelos nossos Cafés Joyeux

cafés Joyeux consumidos em casa ou na empresa

Beau

A decoração com inspiração bistrot, retro e industrial, mistura a madeira e o metal e baseia-se na autenticidade. Aí encontramos as cores amarela, preta e branca da nossa carta gráfica. As ilustrações apelam ao bom humor. Nos cafés joyeux o ambiente é cosy e aconchegante.

Bon

No Café Joyeux, temos as nossas convicções culinárias: respeitar as estações, encontrar os melhores produtos e privilegiar os circuitos curtos! Uma carta positiva e gulosa, cozinhada e servida com o coração.

Vrai

Porque no Café Joyeux, ninguém é perfeito, todos os nossos colaboradores são únicos.

Naturais, espontâneos e sempre profissionais: eles têm orgulho da sua limitação intelectual e é a sua diferença que nos inspira.

UMA REVOLUÇÃO POSITIVA NAS NOSSAS VIDAS

Tornar-se um colaborador « comum » nos Café Joyeux muda não só a vida diária dos nossos colaboradores Joyeux, como também a das suas famílias e/ou amigos.

Ficámos muito aliviados quando o Nicolas conseguiu o emprego no Café Joyeux. Estamos muito orgulhosos. Quando ele acorda de manhã, está feliz de ir trabalhar, (...), tem orgulho em ser útil, tem auto-estima e sente-se mais inteiro!

Pais do Nicolas, colaborador joyeux

Ce travail m’a apporté beaucoup de bonheur parce que je me suis fait beaucoup d’amis depuis mon arrivée. Je me suis dit je suis comme les autres et même si je suis handicapé, je peux travailler, je peux avoir un appartement, je peux tout avoir.

Brandon, équipier joyeux

Je serais très heureuse de travailler chez vous, ça serait mon plus beau cadeau. Je veux exister dans ce monde du travail.

Charlotte, équipière joyeuse

Je suis heureux de travailler ici car ça me fait sourire. Ça me donne de la joie d'être au contact des gens.

Emmanuel, équipier joyeux

 Tem uma pergunta, uma ideia, um pedido de informações gerais ?bonjour@cafejoyeux.com